Bem vindos ao Fanfics da Cah. Sou Camila Cocenza, futura garota de programa! E não, não é o que estão pensando, apenas pretendo cursar Engenharia da Computação. Para mais informações: cahcocenza@hotmail.com

28/02/2011

I'm Sorry - Capitulo 2

Capítulo 2 – Detenção...

PDV Bella

- Hoje a prova será realizada em dupla, coloquem o nome, numero, série na folha e depois comecem a responder. - O Sr. Banner distribuiu as folhas. 

- Escreve você, sua letra é mais bonita... 

Meu Deus me amarrota porque eu to passada, Edward me elogiando? Agora eu tenho quase certeza de que estou em um reality show, olhei para o teto e não achei as câmeras, ah elas devem estar de baixo da carteira. Abaixei-me e nada... 

- O que está procurando, Bells?

- As câmeras. 

- Hein?

- Edward, vamos abrir o jogo... O que você quer com essa aproximação?

- Como eu disse... 

- Me conhecer melhor... tá, mas o que você, o “Popular” da escola, espera de uma nerd feia?

Ele pareceu surpreso com minha pergunta, se inclinou mais para o meu lado e sussurrou. 

- E quem disse que você é feia?

Ruborizei violentamente. Chega! Hora de acordar desse sonho... Porra! Belisquei-me para ver se eu estava dormindo, mas o que ganhei em troca foi um hematoma no braço branquelo que tenho. Acorda! Depois de mais uns beliscões eu cheguei a conclusão de que não estava dormindo.

Não respondi a pergunta de Edward, comecei a colocar nossos dados na folha de prova.

- O que você gosta de ouvir, digo... que tipo de musica?

Ele puxou assunto, o encarei. Ah vamos lá Bells, não vai matar responder, trocar ideia com um descolado é tudo que um nerd quer. 

- Rock.

- Oh my god! A Bella Certinha Swan é meio rebelde e eu não sabia?

- É... Tem muitas coisas sobre mim que você não sabe...

- Mas por que acha que estou aqui? To aqui para isso... conhecer você melhor! Esse papo todo tava muito clichê, resolvi mudar de assunto.

- E você, que estilo de musica curte?

- Rock também... Paramore, linkin park, Ac dc, Cold play...

- Curto essas também, mas prefiro Avril lavigne, é uma das minhas cantoras preferidas e eu toco a maioria das musicas dela.

- Você toca? Que tipo de instrumento?

- Violão e guitarra.

Edward pareceu mais surpreso, ué, era ele quem queria me conhecer.

Começamos a responder a prova, até que Edward tinha um pouco de QI, mas o que eu mais estranhei era que ele ficava me olhando em 5 e 5 segundos, todos os outros alunos pareceram tão surpresos quanto eu, a proximidade do Cullen era bem suspeita, mas... desde quando eu ligo para algo que digam ou façam para mim?

- E o que você mais gosta de fazer quando tem tempo livre?

E lá vinha ele de novo puxando assunto.

- Sair pela rua, quebrando vidros, pichando murros, bebendo, usando drogas... e de noite me prostituo.

Resolvi brincar um pouco, e gargalhei da cara que Edward fez, e acidentalmente chamei a atenção de todos para mim.

- Cara, eu não te conheço mesmo... mas e aí, é legal essa vida?

Não acredito que ele acreditou...

- Edward, eu só estava brincando, quando tenho tempo livre fico em casa tocando meu violão ou guitarra, não tenho amigos na cidade, as únicas pessoas que me familiarizo são Ângela, Caah, Jéssica e Emmett.

- Podíamos mudar essa rotina, que tal?

- Hein?

O que ele tava querendo? Me chamar para sair? Ele acha que eu sou uma dessas meninas fúteis que ele costuma a sair?

- Tipo... eu.e.você.amanhã.cinema... Que tal?

Por que ele falou pausadamente? Acha que sou alguma retardada? Ou tenho dislexia? Mas por que ele estava querendo sair comigo? Encarei ele confusa, ele revirou os olhos e bufou.

- Bells, é só assistir um filme, como amigos, só para mudar essa rotina sedentária. E aí, topa?

- Topo! Por que não? Vamo caí pra dentro!

Porra, o que foi isso? Eu aceitei?... Calma Bells, relaxe, é só um cinema, nada demais.

- Cara, você é hilária... mas... te pego hoje às 20:00 hrs?

Não gostei muito da frase... ele disse “te pego hoje...” com uma pitada de malícia.

- Você me pega hoje às 20:00 hrs!

- Para irmos ao cinema?

- Para irmos ao cinema!

- Mudar essa rotina sedentária?

- Mudar essa rotina sedentária!

- Podemos parar com esse pingue-pongue?

- Podemos parar com esse pingue-pongue!

- Então pára...

Rimos juntos da nossa palhaçada, terminamos a prova e entregamos ao professor, mesmo conversando, conseguimos ser os primeiros a entregar.

- Cara, se eu tirar nota baixa, minha mãe me mata...

- E você liga para notas? – Perguntei incrédula, eu só conhecia o Edward Play boy.

- Claro Bells, eu posso ser todo largadão, mas minhas notas são boas, entre 8 e 10.

Agora sim fiquei impressionada, não sabia que por detrás desses músculos existia umEdward que liga para notas e o que sua mãe pensa ou não sobre ele. 

- É que eu quero me formar e ir para a faculdade. – Agora sim choquei! Pensei que ele ia ser aquele filho que papai e mamãe sustenta para sempre...

- Eu também, mas o que pretende fazer? – perguntei curiosa, só faltava ele dizer que queria ser medico como eu quero ser.

- Eu queria muito medicina, e você? – Ele respondeu, me olhando com aqueles olhos que eu nunca tinha percebido que eram lindos... Mas pelo amor de Deus, acho que vou abrir uma barraquinha no centro de Forks para tenta adivinhar o futuro das pessoas.

- Também queria cursar medicina, era o sonho da minha mãe e do meu pai, antes deles morrerem... – O desejo de charlie e Renée era que eu me tornasse medica e Emmett advogado, eu não falo muito sobre a morte dos meus pais, mas eles morreram em um acidente de carro há dois anos, agora moramos eu e Emm sozinhos e sobrevivemos com a boa e grande herança que eles nos deixaram, e com ela dá para mantermos nossa casa, nossas dispensas, e pagar a faculdade e sobra ainda... mas todo esse dinheiro foi juntado com grande sacrifício por meus pais, e vou fazer de tudo possível para deixá-los orgulhosos, onde quer que eles estejam neste momento.

- Emmett comentou sobre seus pais, sinto muito. – Ele parecia sincero, eu ia responder, mas o professor começou a falar.

- A prova de hoje foi um sucesso, vocês tiraram notas boas, e se continuarem assim nem vão precisar fazer trabalhos. – O Sr. Banner pegou as provas que ele já corrigiu e ficou de pé. – Bem, vou distribuir para que vejam suas provas, e vou parabenizar as melhores provas... – Ele começou a falar os nomes e entregar, minhas amigas Caah, Ang e Jess tiraram 9.

- Aqui está a melhor prova. – Ele tirou uma prova do meio das outras, todos nós olhamos apreensivos para ele.

- Se for nós eu te pago uma pipoca e um refrigerante no cinema. – Edward sussurrou, enquanto o professor fazia suspense.

- O único 10 da turma foi dos alunos... Srta. Swan e Sr Cullen, meus parabéns, como sempre esforçados.

- Obrigado. – Respondemos eu e Edward juntos.

- Vocês nunca fizeram provas juntas, correto? - Sr. Banner nos perguntou.

- Não Senhor, meu parceiro é o Mike Newton, mas ele faltou hoje... - Newton era um grande amigo, Jess era gamadona nele, mas tinha medo de se declarar.

- E eu era parceiro de Ben, mas ele também faltou. – Edward disse, o professor nos olhou e disse.

- Vocês sempre sentaram juntos, mas nunca fizeram provas juntos, correto?

- Correto. – Respondemos.

- A partir de hoje na minha aula vocês dois serão uma dupla, Mike e Ben formarão outra dupla. – Não discutimos com o professor, olhei para minhas amigas e elas nos encaravam surpresas... É, até eu estava surpresa. O sinal bateu, recolhi minhas coisas e saí da sala, como Caah, Ang e Jess no meu encalço.

- Me conta tudo. – Ang pediu, toda curiosa.

- Caraca Bells, você está fazendo trabalho com Edward Gostoso Cullen, porra, que sortuda. – Disse Caah toda agitada... sério, às vezes eu tenho medo dela.

- Calma Caah, não é nada de mais, tipo... a gente só conversou.

- Mas tipo... você conversou com EDWARD CULLEN! – Jéssica falou, como se eu estivesse esquecendo da coisa mais importante.

- Depois conversamos, agora tenho aula de trigonometria e não quero chegar atrasada.

- Espera, é minha também! 

Caah e eu seguimos para o prédio 1, eu e ela eramos parceira e nos conhecíamos desde a 6º serie... digo... ela sempre me protege quando alguém mexe comigo. 

Estávamos respondendo a chamada até que...

- Camila de Freitas Con..scen..ssa..

- Que vontade de rasgar a cara dessa professora com compasso... e depois afunda-lá em um balde de álcool. – Já começou a hora dos jogos mortais da Caah, ela sempre fala algo desse tipo quando a professora de Trigonometria fala o sobrenome dela errado... mas que culpa tem a Sra. Norris se o sobrenome da menina é estranho.

- É Cocenza, e não conscenssa, porra! – Ela odiava que falassem o nome dela errado.

- Detenção, Srta. Conscenssa! – E a professora odiava que falassem palavras de baixo calão dentro da sala de aula.

- É Cocenza, porra! Cocenza!!! C-O-C-E-N-Z-A! Sua...sua...Chuck Norris depravada. – Minha linda e calma amiga socou a mesa e ficou de pé.

- Calma Caah, relaxa amiga... – tentei acalmar ela, mas acabei tomando no rabo.

- O QUE, SENHORITA SWAN? JÁ PARA FORA VOCÊ TAMBÉM! AS DUAS, DETENÇÃO! – A Sra. Norris Gritou para mim.

- Por quê? Eu não...

- AGORA!!! – Berrou a encarnação do Chuck Norris fêmea. Fiquei de pé e fui a caminho da porta, Caah me seguia, quando estávamos quase saindo da sala, Caah se virou para dentro da sala e gritou:

- Eu não tenho culpa do seu marido não te comer e você ficar toda nervosa e vir descontar em nós...sua... sua MAL AMADA! Por isso que o seu marido não te come... – Eu sabia que a Caah não ia deixar isso barato, todos da sala caíram na gargalhada e a Sra. Norris ficou vermelha e começou a bufar, achei melhor tirar minha amiga rebelde dali antes que o plano de cortar o rosto da professora com compasso entrasse em ação.

[...]

Chegamos na sala de detenção onde o lema era “Ficar sentado e refletir sobre o que fez você chegar até aquele lugar, e se vale apena fazer isso novamente”. Caah abriu a porta e entramos juntas, e logo de cara me deparei com Edward e Emmett.

- Bells? O que você ta fazendo aqui? – Emmett perguntou surpreso, é claro... eu nunca pisei naquele lugar.

- Eu também me faço essa pergunta...”por que eu estou aqui”... e você o que faz aqui? – Meu irmão coçou a cabeça e começou a rir.

- Ah, é só uma visita de rotina, ou melhor... a maior parte do meu tempo nessa escola eu passo aqui! – E aquilo não me surpreendia nada, já que meu irmão era um burro.

- Aqui é muito louco! – A Caah começou a pirar de novo.

- É! – Edward e Emmett concordaram juntos.

- Mas nos conte... a que devemos a honra de suas visitas? – Edward perguntou curioso, eu ia começar a falar, mas Caah foi mais rápida.

- Pow, a Chuck Norris Fêmea falou meu sobrenome errado na hora da chamada, eu corrigi ela e falei porra, aí ela mando eu sair da sala, Bells mandou eu me acalmar e a professora disse que era para ela sair também, aí estávamos saindo e eu falei que não tinha culpa do marido dela não comer ela e ela ficar na seca, toda estressadinha, e quando eu estava quase botando meu plano em pratica a Bells me puxou... – Minha teoria estava certa, ela ia por o plano em pratica, Edward e Emmett encaravam Caah de boca aberta.

- E qual era seu plano? – Emmett perguntou empolgado.

- Eu ia rasgar o rosto dela todo com o compasso depois enfiar a cabeça dela dentro de um balde com álcool. – Edward arregalou mais ainda os olhos e juro que vi ele tremer... e quem não treme perto de uma garota com ela? Melhor ser amiga dela, do que inimiga...

- Cara, bate aqui, você é demais. – Emmett levantou a mão e bateram as palmas.

- É, eu sei... – Pouco convencida, né? Ficamos conversando ali e rapidamente descobrimos que tínhamos muita coisa em comum, Caah e Emmett eram dois retardados, que gostavam de farinha de mandioca com açúcar, e banana com mastomate, eu e Edward gostávamos de lasanha, mesmas bandas de Rock e outros gostos parecidos. O sinal bateu, eu e Caah nos levantamos para sair da sala.

- Tchau, até mais... – Falei para Edward e Emmett.

- Tchau... – Edward falou, Emmett observava a Caah com os olhos semi abertos, até que sorriu.

- Agora eu sei com quem você se parece...

- Eu? Com quem? – Minha amiga perguntou, entusiasmada.

- Com a garota do filme 5º Elemento. – Eu, Edward e Caah caímos na gargalhada.

- Pior, ela é má, olhos azuis, agora só falta mudar a cor do cabelo de loiro para alaranjado... – Edward comentou, observando ela.

- É isso que eu vou fazer...

- Aí você vai ficar parecendo com a vocalista da Paramore. – Eu falei rindo, ela revirou os olhos, nós nos despedimos dos garotos e fomos para o refeitório, no corredor encontramos Sra. Chuck.

- Demônio. – Caah tossiu, pronunciando o xingamento para a professora, eu tive que rir, essa menina era demais.

- Vem, vamos logo, Amy WineHouse loira... – puxei ela e entramos no refeitório, avistamos Ângela e Jéssica sentados juntos com Lauren, Tyller, e Jane.

- E aí, ficamos sabendo que vocês foram para a detenção... – Mal sentamos na mesa e já fomos bombardeadas de perguntas.

- Como é lá? - Jess.

- O que fizeram para passar o tempo? - Ang.

- Tinha alguém lá? - Lauren.

- A professora Norris se lascou - Tyller.

- Tinha alguma gostosa lá? - Jane.

Lauren esticou a mão por cima de Tyller e acertou a cabeça de Jane.

- Ai.

- Dá para parar de me trair? Senão eu não levo o vibrador...

- Láláálálálálálála... – Começamos eu, Jess, Caah e Tyller a cantarolar e tapamos o ouvido... Era sempre assim, quando Lauren começava a falar de suas perversões com Jane, é as duas eram namoradas... éca!

- Se você não levar eu não uso o meu dedo para... – Tapamos o ouvido e continuamos a cantarolar enquanto as duas discutiam...

- Lálálálálálálálálálálálá.. 

5 minutos depois...

- Podemos destampar os ouvidos? – Perguntei, meio insegura.

- Pronto, já podem sim, chegamos a conclusão de que ela vai levar o vibrador e eu vou usar o dedo para...

E lá iamos nós, como uns retardados no meio do refeitório, tapando os ouvidos e cantarolando.

- Lálálálálálálálálálálálálálálálá.. 

Mais 10 minutos depois...

Depois de Lauren explicar o que ia fazer com o dedo e o que Jane ia fazer com o vibrador, ou vice-versa, sei lá... eu só via os gestos que Jane fazia com os dedos, um enfiando dentro do outro depois mordendo, lambendo, mordendo, chupando, socando... O que eu ia fazer? Eu tapava os ouvidos ou tapava os olhos... Destapamos os ouvidos e fomos para a fila pegar nossos lanches. 



<<< Capitulo 1                                             Capitulo 3 >>>

Nenhum comentário:

Postar um comentário