Bem vindos ao Fanfics da Cah. Sou Camila Cocenza, futura garota de programa! E não, não é o que estão pensando, apenas pretendo cursar Engenharia da Computação. Para mais informações: cahcocenza@hotmail.com

20/02/2011

Desculpa se eu te amo - Capitulo 1

N/A: Gente, a fic ainda está em desenvolvimento, eu ainda estou meia que perdida nela, mas prometo que o proximo capitulo sairá bem melhor (:


Capitulo 1


Encostei minha cabeça na janela do avião e fiquei olhando a cidade de Seattle que estava cada vez mais próxima.

Há quanto tempo eu estava fora de Washington? 2 semanas?

Parecia que havia se passados meses. Foi bom me distanciar um pouco, apesar de eu saber que nada aconteceria.

Assustei-me quando a cabeça da mulher, que estava no assento ao lado, caiu em meu ombro. Oh droga... ela estava... babando?

Definitivamente eu odiava andar de avião!

Delicadamente a empurrei para o lado. Minto, na verdade eu praticamente a joguei para o corredor, mas nem isso a fez despertar.

Essas coisas sempre aconteciam comigo. Alguém lá encima não gostava muito de mim.








[N/A: Se já clicou, ignorem isso]



Passaram-se mais alguns minutos até que a aeromoça avisou que iríamos pousar. Prendi meu sinto e me agarrei ao assento. Santos Dumont era um cara sortudão, se não tivesse se matado eu me encarregaria pessoalmente disso.

[...]

Estiquei-me na ponta dos pés, procurando pelo meu melhor amigo, mas ele não estava ali. Sentei-me encima de minha mala e pousei meu queixo em minhas mãos.

Batuquei os dedos em meu rosto observando o aeroporto ficar cada vez mais vazio.

Será que ele havia se esquecido de mim?


POV Edward


Acordei com meu celular tocando. Passei a mão pelo criado mudo, buscando o aparelho.

- Edward, desliga isso.

- Droga. – Me sentei com o aparelho na mão. Cocei os olhos e encarei o visor do celular.

6 Chamadas perdidas

Arregalei os olhos

- Bella!

- Hmm? – Jacob rolou na cama.

- Droga. – Levantei em um pulo – Eu disse que ia buscá-la no aeroporto e acabei me esquecendo.

- Edward já é tarde, ela pode pegar um taxi.

- É perigoso demais Jake. Volto rápido.

Troquei de roupa, peguei minha carteira, chaves do carro e sai do meu apartamento.


POV Bella


Acenei para o motorista do taxi, mas o maldito passou reto. Claro! Quem em sã consciência gostaria de me levar até Forks as 03h00min da madrugada?

- Filho da puta! – Grunhi.

Tirei meu celular do bolso e voltei a discar para Edward. Qual é? Será que ele estava tão ocupado que não ouvia o celular tocar? Se ele estivesse dormindo pelo menos ouviria o toque do aparelho.

Meu corpo estremeceu ao pensar na hipótese de Edward estar... estar... fazendo algo com Jacob, algo que fizesse ele gemer alto a ponto de não ouvir o toque da porra do celular.

- Ei gatinha, está cobrando quanto?

Eu estava pronta para vociferar vários palavrões para o infeliz, mas quando ergui a cabeça, me desconcentrei total.

- Edward?

- Está esperando outro?

Ri negando com a cabeça. Mordi os lábios e olhei para baixo.

- Pensei que tinha me esquecido.

- Na verdade eu esqueci – O encarei incrédula. Ele coçou a nuca sem graça – Acabei dormindo.

Torci os lábios.

- Desculpa incomodar.

- Bells, que isso. – Ele riu abrindo os braços – E meu abraço?

Fechei os olhos e fui ao seu encontro com os braços abertos. Mas porque eu fechei os olhos mesmo? Ah é... porque sou idiota!

Ele não estava tão perto quanto eu imaginava. E eu, como a esperta que era tropecei em meu próprio pé.

Apertei os olhos com força, aguardando pelo impacto, que não veio a acontecer.

Braços quentes e fortes enlaçavam minha cintura.

- Bella, Bella, pensei que nessas 2 semanas fora você ia mudar, mas continua a mesma perna de pau de sempre.

Morra Bella!

[...]

- Tem certeza mesmo? – Mordi os lábios.

- Claro que tenho Bells. – Edward rolou os olhos bocejando – Não vai ser legal você passar essa noite sozinha em sua casa. Venha, você pode ficar no quarto ao lado do meu...

- Tudo bem –... Eu acho, pensei

Edward me guiou até o corredor e abriu uma porta.

- Tem cobertores e travesseiro dentro daquele closet ali. – Ele murmurou enquanto deixava minha mala no chão.

- Obrigada novamente Edward.

- Eu é que tenho que te agradecer poder ter voltado mais cedo... – Ele passou a mão pelo cabelo – Vou precisar da sua ajuda.

Franzi a testa.

- Você não quis dizer pelo celular.

- Amanhã, ou melhor, mais tarde conversamos sobre isso, você deve estar cansada.

- Um pouco. – Confessei. – Será que Jacob não vai se incomodar?

- Bella, deixe de paranóia. – Ele deu seu típico sorriso torto, aquele que me fazia suspirar – Jacob nunca seria contra, ele sabe o quanto eu gosto de você e sabe, ele também é muito grato por tudo... – Ele cutucou minha barriga com o dedo indicador – Bella Cupido.

- Ok. – Dei um sorriso falso.

Edward saiu do quarto desejando-me boa noite.

Me joguei na cama, olhando para o teto.

Será que ele acreditaria se no meio da noite eu desse uma de zumbi, entrasse no quarto dele e o agarrasse?

O problema era Jacob.

O problema sempre foi Jacob e sempre será Jacob.

[...]

Sai do quarto me despreguiçando. Eu conhecia bem o apartamento de Edward, já que antes dele e Jacob começar a morar junto era eu quem morava com ele.

- Acho que devemos deixá-la dormir mais um pouco, Bella fez uma viagem cansativa.

Era a voz de Edward.

- Ela vai dormir aqui novamente?

- Não sei Jake, Bella sempre é bem vinda.

No fundo, eu sabia que Jacob não gostava de mim. Mas a verdade era que eu estava cagando e andando pra ele.

- Bom dia! – Coloquei meu melhor sorriso no rosto enquanto entrava na cozinha.

- Bella. – Jacob acenou para mim.

- Jacó.

- Ok, logo cedo não. – Edward resmungou abraçando-me pela cintura. – Como dormiu.

Teria sido melhor se tivesse sido com você...

- Ótima. – Pousei meu queixo sobre o ombro de Edward e olhei Jacob.

O moreno estava com os braços cruzados.

Dei um sorriso para ele e beijei a jugular de Edward. Era algo que fazíamos há tempos, mas eu sabia que Jacob não gostava disso. E se ele não gostava, eu gosto!

- Então, vai me contar sobre o motivo pelo qual me ligou desesperado.

Edward se afastou um pouco e sentou-se a mesa, me juntei a ele.

- Bom, é um assunto complicado.

- Vamos Ed, sabe que pode contar comigo.

Ele sorriu.

- Você sabe que meus pais não sabem... bem... eles não sabem e não podem saber da minha escolha sexual, certo? – Assenti, esperando ele continuar. – Eles estão a algum tempo me pedindo para levar minha namorada para eles conhecerem.

- Namorada? – Arqueei as sobrancelhas e olhei para Jacob – Mudou de sexo.

Ele fechou a cara e não falou nada. Edward riu.

- Não, Jacob não mudou de sexo, mas assunto não é esse, na verdade eu quero sua ajuda.

- Para o que exatamente?

- Fingir ser minha namorada. – Ele praticamente suplicou, apertando minha mão – Você conhece minha família, fomos criados juntos. Por favor...

- Edward... eu realmente não sei o que dizer.

- Deixo claro que eu não concordo com isso. – Jacob latiu. – Seria tudo mais simples se você conversasse com eles Edward.

- Jacob! – Edward se levantou – Já conversamos sobre isso. Minha família sempre esperou mais de mim, eu não quero ser uma decepção para eles, meu pai... minha família nunca me aceitaria. Já foi difícil eles aceitarem minha profissão, imagina isso...

É. Edward era cabeleireiro.

- Mas esconder não é o correto! Vamos viver sempre assim?

- Jacob não dificulte as coisas. – Edward puxou os cabelos e voltou a me olhar – Bella, é só por um mês. Vão estar todos lá. Alice, Jasper, Emmett, Rosalie.

- Eu... não... sei. – Suspirei – Posso te dar a resposta depois?

Ele assentiu.

- Não digo mais nada. – Jacob deu as costas, deixando a cozinha.Edward voltou a se sentar, colocando o rosto nas mãos.

Ele realmente gostava de Jacob.

- Acho meu eu ir. – Me levantei.

- Fique para o almoço.

- Não Edward, obrigada.

Troquei-me, peguei minhas malas e liguei para um taxi. Edward desceu comigo até o Hall de seu prédio, enquanto o taxista guardava minhas malas eu o abracei.

- Por favor, pense no que eu te pedi.

- Vou pensar. – Sorri beijando o rosto dele.

- Hoje à noite vamos a uma boate, quer ir também?

- Claro.

[...]

Suspirei frustrada, olhando os dois conversando animadamente. Eu não entendia até hoje o  por que de aceitar os convites de Edward.

Ele sempre levava Jacob.

Sempre Jacob.

Quer dizer... nem sempre foi desse jeito. Na verdade a culpa toda foi minha. Estou colhendo o fruto que plantei. 

Flash Back ON


Forks, Washington,
Oitava série, High School.

Olhava pela milionésima vez se Jacob estava vindo. Tinha falado para ele o recado que Edward mandou, nunca gostei de ser ‘pombo correio’ mas, pelo menos tinha mais uns minutinhos com Edward.

Ah, Edward... desde que me conheço como gente, gosto dele.

Apesar de que, só ano passado virei amiga dele, sendo a única confidente de seus segredos. 

Ele era gay.

Quer dizer, ele tinha quase certeza que era apaixonado por Jacob Black.  
  
Enfim, agora estou tentando ajudá-lo a dar seu primeiro beijo, com Jacob.

Faltam minutos – ou segundos – para o sonho do meu melhor amigo se realizar e o meu desmoronar. 

E lá vinha Jacó. Tínhamos combinado na biblioteca. Para não correr o risco de ninguém ver. Eu iria vigiar, claro que existia muito preconceito, principalmente da parte da família de Edward, por isso era um segredo – Seria um incrível trauma se todos descobrissem sobre Edward e Jacob, principalmente por que crianças são mais maldosas e a maioria dos meninos tem homofobia.

Edward odiava ser chamado de “bichinha, enrustido, viadinho e etc..”

- Onde está Edward? - Meu rival indagou.

Era impossível dizer que Jacob era homossexual. Sua voz era grossa e áspera. Seu corpo todo definido.

Várias garotas viviam correndo atrás dele, mas o infeliz nunca correspondia.

- Na ala dos livros de filosofia.

- Obrigada Bells.

Bells? Quem deu o direito a esse desgraçado-ladrão-de-primeiro-amor me chamar assim? Só Edward me chama desse jeito!

- De nada Jacob. - Dei um sorriso falso.

 Eu era ótima em sorrisos falsos, principalmente se esses sorrisos fossem destinados a Jacobichinha... nhá... nhá... 

Ele passou por mim, indo na direção onde Edward estava.

Fechei a porta da biblioteca, me encostei nela e fechei os olhos. Por alguns segundos ouvi a voz de Jacob e Edward, eram sussurros, que logo cessaram.

Eu sabia o que estava acontecendo lá, e não queria ver.

Passou mais alguns minutos e nada.

Suspirei.

Devia ser eu lá.

Devia ser eu a garota que ganharia o primeiro beijo de Edward, e ele o meu.

E com a curiosidade explodindo, dei uma espiadinha neles. 

Foi o pior momento da minha vida.

Eles estavam se beijando! 

Virei, saindo correndo. Não me importava se alguém os achasse! Eu sou apaixonada por Edward, não masoquista!


Flash Back OFF


-... Foi isso, não foi Bella? ... Bella? BELLA! – Balancei a cabeça atordoada, levando uma leve sacudida.

- O que? Oi? - Respirei fundo, quando a mão dele saiu dos meus ombros, a sensação de paz se foi.

- Estava dormindo, Bella? - Me contive de revirar os olhos, e dá uma resposta no olho dele. 

Pelo Edward, Isa.

- Não, Jacó - Disse, sorrindo falso.

- Jacob. Jacob. - Sorriu falso também. 

- Ok, Bella, você precisa parar com isso. Você sabe que o nome dele é Jacob - Me virei, tentando ignorar o homem que amo desde quinta série, o homem que sempre ajudo, mesmo ele sempre me magoando.

- Não deveríamos chamar ela. - Falou baixinho Jacob. Mas auto o suficiente para que eu ouvisse.

- Oi, moça linda! Quer dança? - Um homem apareceu na minha frente, abrindo uma incrível fileira de dentes brancos.

Espera! É um alface ali?!

Quer sabe? Amo alface! 

- Sim! - Sorri para o homem, de porte másculo.

Puxei-o praticamente correndo, para fugir de perto de Edward e Jacob, na verdade não queria dançar e sim beber.

Beber, beber até cai, beber para esquecer! 

- Hey cara, podemos apenas beber? - Cortei a felicidade dele. 

- Sim, vamos. - Dessa vez, ele me puxou pro bar, roçando a mão na minha bunda.


POV Edward


- O que...? Que porra ele esta fazendo? Esta ALISANDO ela! 

Bella era inocente e sempre caia naquele papo.

- Edward, deixe ela para lá, não sei para qual motivo você trás ela – Jacob disse, sorrindo de lado. 

- Eu a convidei. Não admito que a trate assim, se não fosse por ela, nem estaríamos juntos. Não entendo vocês dois! - Disse, ainda mirando Bella. – Ela está sendo uma amiga e tanto topando fingir ser minha namorada.

- Ela aceitou?

- Sim.

Jacob revirou os olhos e batucou os dedos na mesa.

- E quando vão?

- O mais rápido possível, minha família já está na casa da praia, minha mãe me ligou hoje.

- Hm...

Jacob estava chateado com a situação. Seria difícil ficar longe dele, depois de tantos anos...


 <<< Prólogo                                Capitulo 2 >>>

16 comentários:

♥nanah♥ disse...

Omg!
Dois Cat's desses gays!
Oh meu Deus que desperdiçio!
Ed, quer dar um jeito no meu Cabelo?!
Sabe , néah com esse muda muda de clima meu cabelo ta uma palha!
Mããs.bella burra jogando o ed pra sima do jake?
#putafaltadesacanagem!
Se eu fosse ah bella!
Mesmo Assim.
Adoreei o cap♥
loka pra o proximo!
não demora bjus!
:*

karine disse...

Ai amiga não resisti neh e vim ler ja q vc ainda naum esta postando no Nyah...
Nossa eu não sei oq dizer estou com mta dó da Bella fato e não vejo a hora de Beward entrar em ação...
E qndo sera q o Lindo + burro Edward vai ver oq é o bom da vida? Anciosa beijos Kah

Kah Nanda disse...

Ai amiga não resisti neh e vim ler ja q vc ainda naum esta postando no Nyah...
Nossa eu não sei oq dizer estou com mta dó da Bella fato e não vejo a hora de Beward entrar em ação...
E qndo sera q o Lindo + burro Edward vai ver oq é o bom da vida? Anciosa beijos Kah

natalia disse...

OMG Edwad gay ? Meu deus que deserdiçio kkkk amei sua fic espero que vc poste logo bjss

michely disse...

Edward...Gay,Cabeleleiro e ainda por cima namorado de Jacob, e detalhe : Os dois são super-gatos e homens ki qualquer mulher desejaria ter como seu !
É REALMENTE um desperdício ! Oh Deus...!

Amei essa capitulo ! kkk
É muuuito engraçado a relação de Bella com Jacob ! Eles se odeiam ! kkkk E os apelidos ki ela dar a Jacob?! kkk Ela chama ele de:desgraçado-ladrão-de-primeiro-amor,Jacó e ainda Jacobichinha ! kkkkkkkk
Tô me divertindo muuuito lendo essa fic !

Omg! '-'
Algo me diz ki essa história de Bella fingir ser namorada de Edward,vai fazer ela sofrer ainda mais ! Tô com pena da Bella gente! Naum é conrrespondida e ainda é trocada por outro homem ! Tadinha dela !

Tô amando a fanfic ! Muito ancíosa pros próximos capitulos !
E...Ah! EDWARD!Vem aki em casa da um jeito no cabelo vem?! Bjinhos :*

Rock And Girl disse...

OMG,eu ameeei

Mônica Cullen disse...

Omg, bella sua burra.
Botando dois deuses desses para namorar.
E Ed isso não é porque a Bella é inocente não,
isso só pode ser um começo de ciumes U.U
Ainw, \o/ isso ai Bella aceita, aceita e
quando estiver la agarra o Ed se não agarro eu !
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Amei, posta mais.

eli disse...

A Bella é madre Tereza! Pra ajudar ele e ainda ir com eles ra boate é d+ pra minha cabeça!
O amor tem dessas coisas né!

Thamara disse...

QUEEEEEEE DESPERDÍCIO EEEIN ..
TADINHA DA BELLA GENTE ..
ainda bem que a bella aceitoou finjir ser a namorada de edward, hora de aproveitar ein bella ushushusah (=
AAAAAAMEI TUDO, QUERO MAIS!

Zenilda disse...

ai ver meu Edward desse jeito ate doi
amiga vou acompanhar essa fic pode contar comigo querida...
apesar de nao gostar do genero, voce escreve super bem que eu leio e até torço...rs
mais na verdade eu vou torcer para ele ficar com a Bella...
Bella e Edward, sao tudo de bom
beijusss flor linda

Anônimo disse...

AAAAAAAAAAHHHHHHHH MEU PAI!!!!!!!!!!
Como assim????????
O Ed não pode ser gay. É muito desperdício de beleza!!!!
Continua, por favor!!!!

raposo_92 disse...

gostei é uma fic deferente...
estarei esperando pelo o proximo capitulo..
bjx....

Anônimo disse...

posta mais logo ! Por favor

Mia Fanfics disse...

Ai, dói tanto ler essa fic. Como um lindo maravilhoso desse - os dois- podem ser gays? Ai Cah, imaginar eles se beijando foi nojento. kk' Não, eu não tenho preconceitos, só que o Edward é o... Edward. Ele gay é estranho.
Cah, só uma coisa pra te dizer. Você é DIVA porrque você INOVA. Adoro suas histórias.

Daiane Farias disse...

- Deixo claro que eu não concordo com isso. – Jacob latiu, LATIU?? KKK ISSO FOI DEMAIS!!
Eu gosto do jake, mas quando é em fic que ele atrapalha a vida da bella e do ed eu me revolto com ele!!
Amei o capitulo!!
Tenho até raiva só de pensar o Ed fazendo... aii que coisa feia!! NADA CONTRA QUEM É GAY!
Sabia que gay em ingles significa feliz!
Minha prof que disse! aushausha
A bella é besta por aceitar tudo o que o ed quer!
Quero mais
Beijos

Izah disse...

meu é riste ver a bella sofrendo pelo edward e o jacob saber e ficar quieto ... pq essa implicancia ele sabe muito bem o motivo né

Postar um comentário