Bem vindos ao Fanfics da Cah. Sou Camila Cocenza, futura garota de programa! E não, não é o que estão pensando, apenas pretendo cursar Engenharia da Computação. Para mais informações: cahcocenza@hotmail.com

15/07/2011

Desculpa se eu te amo - Capitulo 3

N/A: Demorei mais voltei (:

Meninas, fiquem atentas no blog e no Nyah! pois irei postar um bônus de Deixe-me Te Amar - Final Feliz.

[...]

- Tudo bem. – Ele suspirou – Tente apenas se manter coberta.

Rolei os olhos, ele pensava o que? Que eu ia ficar nua para tentar seduzi-lo? Tudo bem que eu era apaixonada por ele e o queria em minha cama, mas apelar para esse lado não.

Edward parecia tão constrangido que me fez rir.

- Prometo me trocar no banheiro – Sorri para ele – Mas lamento dizer, eu durmo pelada.

***

Capitulo 3

Aproximei-me do meu muso que estava com os olhos arregalados.

- Edward eu estava brincando... – Cutuquei a barriga dele.

Meu amado saiu do transe e suspirou aliviado.

- Não fale coisas como essa Bells. – Ele levou a mão ao peito e revirou os olhos. – Troque de roupa, o almoço está pronto.

- Ok.

Eu estava pronta para desamarrar a toalha e deixá-la cair, mas ele a segurou.

- Depois que eu sair.

- Ah, sim...


Depois que meu muso saiu do quarto eu me troquei e amarrei meus cabelos. Quando já estava saindo do quarto vi o celular de Edward vibrando sobre a cama. Peguei o aparelho e rolei os olhos ao ver o nome de Jacob piscar na tela. Desliguei o celular, tirei o chip, a bateria e joguei tudo dentro da privada.

- Opss... – Apertei a descarga e dei tchauzinho para o celular que rodava junto com a água. – Escorregou.

HEHE.

- Ai está ela. – Emmett sorriu quando desci para o andar de baixo. – Que gritos foram aqueles? Edward não quer contar.

Dei um sorriso amarelo para Emmett e me sentei ao lado de Edward. Dei um tapa na perna dele, descruzando-a.

- Edward me mordeu. – Rolei os olhos socando meu amado – Bem na bunda.

- Ow! – Emmett tapou os ouvidos e deu um sorriso malicioso – Não preciso ouvir a promiscuidade de vocês... – Ele retirou a mão dos ouvidos – Mas então... porque ele também gritou?

Sorri para Edward. Ele estava branco e seus olhos verdes estavam quase saltando para fora.

- Eu retribui ora.

- Safadinhos... – Emmett negou com a cabeça – E eu pensando que Edward era santo.

- Santo? – Abracei meu sonho de consumo – Edward é insaciável.

- São muitas informações para uma cabeça só. – Meu cunhado riu – Bellinha vou subir para chamar Rosalie, mas depois quero que você me conte uns pobres do meu maninho.

- Pode deixar.

Assim que Emmett saiu Edward levantou-se, me encarando furioso.

- Bella, pare de ficar dizendo essas coisas para Emmett.

- Relaxa tigrão. – Pisquei para ele – Foi você mesmo quem disse que eu encontraria uma maneira de me divertir, e achei.

- Não nas minhas custas. – Meu muso bufou.

- Deixa de ser chato tigrão.

- Bella, pare de me chamar assim.

- Do que tigrão?

As bochechas dele ficaram vermelhas e eu me levantei, abraçando-o.

- Não vou te prejudicar Ed, nem te constranger.

- Promete?

- Prometo.

[...]

- Ela disse que ele mordeu a bunda dela.

Senti minhas bochechas corando quando Emmett quase gritou aquilo. Edward travou o maxilar enquanto bebia seu copo de água – com o dedinho mindinho levantado, quando ele percebeu abaixou o dedo rapidamente.

Rolei os olhos.

- E eu achando que meu filho era santo. – Esme sorriu, inclinando-se para apertar a bochecha do meu amado.

- Bellinha disse que ele é insaciável.

- Emmett, não precisa ficar contando tudo o que ouve. – Cerrei os olhos, fazendo-o rir.

- Que é? Estamos em família.

Todos riram. Voltei a me concentrar em meu prato, até que eu vi Carlisle abrir a mão na direção de Emmett.

- Pague.

- Qual é pai...

- Nós apostamos, e eu venci.

O grandão torceu os lábios.

- O que vocês apostaram? – Alice perguntou ao pai.

- Emmett apostou comigo que Edward não tinha namorada...  – Meu sogro rolou os olhos – Mas sim namorado. E como pai dele sei que meu filho é macho, igual a mim, apostei o contrario.

Todos se entreolharam sem dizer nada, no entanto, estava na cara que essa também era a opinião deles.

Edward olhou para baixo e seus olhos fecharam-se. Toquei sua coxa fazendo-o me olhar, pisquei para ele e ri alto chamando a atenção de todos.

- Gay? – Ri exageradamente alto – Porque vocês acham que eu o apelidei de tigrão? Sabe no colegial quando ele ia dormir lá em casa? Pois é, Edward foi o primeiro a tocar meus seios. Nós ficamos alguns anos separados, mas quando voltamos ele já sabia algumas posições do kama-sutra, não é amor? – Meu muso estava estático ao meu lado, assim como todos ao redor da mesa. – Acho que eu não devia ter dito isso enquanto almoçávamos...

- Não! – Carlisle deu um enorme sorriso, olhou para os outros e vibrou – Eu disse que meu filho não era gay, chupem!

- Carl, olhe os modos!

- É isso mesmo Esme. - Meu sogro estava radiante. – Chupem!

Todos voltaram ao normal depois da minha revelação falsa, mas que eu queria muitoooo que fosse verdadeira. Imaginem só... Eu e Edward praticando posições do kama-sutra.

Olhei de canto e vi Edward sorrindo para mim.

- Desculpa. – Sussurrei – Te constrangi?

- Um pouco. – Ele aproximou-se de mim, colando os lábios na minha bochecha – Obrigado.

- Estou aqui para isso, certo?

Agora eu entendia todo aquele temor de Edward em revelar para a família que era gay, meu muso tinha medo da rejeição dos pais e dos irmãos.

- Faz quanto tempo que estão juntos? – Rosalie indagou.

Olhei para Edward e ele me olhou também.

- Um ano e sete meses.

- Um ano e cinco meses.

Pisei no pé dele por de baixo da mesa. Dei um sorriso amarelo a todos.

- O Tigrão conta desde que me pediu em namoro, já eu, conto desde nosso primeiro beijo.

- Legal! – Alice sorriu. – Vocês comemoram duas vezes.

- Sim. – Edward concordou.

 -É tipo aquelas pessoas que quase morrem... – Emmett abriu a boca e soltou merda – Eles também comemoram como se tivessem nascido duas vezes, sabem? Dois aniversários.

- Quase isso querido. – Esme sorriu para o filho lesado.

Prendi o riso e voltei minha atenção ao delicioso prato a minha frente.

[...]

- Bells, você viu meu celular?

Desviei os olhos da minha tão sonhada sogra e encarei meu tigrão.

- Celular? – Dei um sorriso amarelo – Não.

- Droga, acho que eu o perdi. – Ele torceu os lábios meio desesperado.

- Daqui a pouco você o acha. – Esme sorriu para ele – Vem cá se sentar conosco.

- Mãe eu preciso achar meu celular porque J-...

Antes que ele terminasse de falar eu o interrompi.

- Vem amor. – Dei um sorriso forçado – Obedeça a sua mãe.

Meu tigrão olhou para mim meio desesperado, mas veio sentar-se ao meu lado. Contei a Esme que eu havia me formado em medicina e mais algumas coisinhas, logo ela se levantou falando que ia buscar algo para bebermos.

- Bella, me empresta seu celular. – Edward sussurrou em meu ouvido – Passamos a tarde conversando com meus pais e eu acabei me esquecendo de ligar para Jacob.

- Hm...

- Bella!

- Ok. – Suspirei. Peguei meu aparelho e entreguei a ele.

- Obrigado. – Ele sorriu daquele jeito lindo. – Você é melhor amiga do mundo.

- Eu sei.

Observei Edward digitar o numero do celular de Jacob e levar o aparelho ao ouvido, segundos depois ele franziu a testa.

- Não ta chamando.

Ri baixinho.

- Ooops. – Bati em minha testa – Eu não te disse que estou sem credito?

- Droga Bells!

- Ei. – Bufei puxando meu celular da mão dele – Eu não tenho culpa não ta bom?

Edward ficou pensativo do meu lado enquanto eu, bom, eu sorria internamente. Ok, 1 a 0 para mim.

- Me empresta isso aqui. – Do nada ele puxou o aparelho da minha mão e começou a ligar a cobrar para o apartamento dele.

- Seu louco, a ligação vai ficar uma fortuna.

- Eu pago.

Meu muso levantou-se e saiu da sala. Ok, 1 a 1.

- Bellinha... – Emmett desceu as escadas e veio se sentar ao meu lado. – Vocês vão?

- Eu não caio mais nessa Emm. – Cruzei os braços – Vocês sempre me perguntava “Você vai?”, ai a idiotona aqui perguntava “Aonde?” E você vinha com aquela “Pra merda!”

- Nossa, verdade! – Ele riu. – Eu já havia me esquecido disso ai, mas não, não estou querendo tirar com você só quero saber se você e Edward vão querer sair conosco.

- Para onde?

- PARA A MERDA! – Meu cunhado gargalhou, mas logo se recuperou – Estou brincando. Nós vamos a uma boate, você e Edward vão ou ficaram aqui em casa com papai e mamãe?

- Não sei, vou ver com Edward e digo a você a resposta dep...

- Droga! – Edward apareceu na porta bufando. Seu rosto estava vermelho e seu maxilar travado. Eu conhecia muito bem aquela expressão.

- Algum problema maninho?

- Eu... – Meu tigrão passou a mão pelos cabelos, irritados. – Só estou um pouco cansado.

- Então não vai querer ir com a gente na boate?

- Emmett eu realmente estou muito... – Ele travou e me olhou – Espera! – Meu muso deu um sorriso um pouco torto – Claro que nós vamos, porque não iríamos?

- Ótimo! – Quiquei até ele, abraçando-o pelo pescoço – Eu li em um site que as boates daqui são muito foda.

- São mesmo Bellinha. – Emm bateu palminhas e franziu a testa – Agora dêem beijinhos para comemorar.

- O que? – Edward e eu balbuciamos juntos.

- Beijo sabe? Língua, boca, dentes... – Ele estranhamente começou a beijar o vácuo, rodando sua língua, como se fosse nos ensinar. – Qual é?! Namorados se beijam!

Droga, não havíamos nos lembrado daquele detalhe. Mas por outro lado...

- Amor sei que você é tímido, mas o que vão pensar de nós já que não nos viram se beijar hoje? Tipo, estamos aqui o dia inteiro... – Mordi os lábios, tentando me aproveitar da situação – Estou com saudades dessa sua boquinha gostosa.

- Isso... Isso é totalmente desnecessário. – Edward sussurrou um tanto desesperado – Bella... Bella se esqueceu de escovar os dentes depois do almoço e... e...

- Edward! – Bufei – Eu escovei os dentes sim!

- Vai lá maninho... – Emm rolou os olhos – Está agindo como um bambi.

 Meu amado travou o maxilar.

Aproximei-me dele, fazendo um biquinho. Obvio que eu não ia cobrar um beijo “normal” dele, eu sabia que Edward nunca havia beijado uma mulher.

ESPERA!

Oh, meu Deus! Ele nunca havia beijado uma mulher...

OH MEU DEUS! EU SOU A PRIMEIRA!

- Pensa no lado bom... – Sussurrei para que Emmett não ouvisse – Você só vai dar um selinho em sua amiga, não é nada demais...

Edward suspirou assentindo.

OMG, ele realmente iria mesmo me beijar?

Sim, ele ia.

Meu muso deu um passo à frente, suas mãos apertaram minha cintura fazendo eu me arrepiar toda. Meu coração estava acelerado, minhas pernas tremulas, minhas mãos suadas e frias, minha respiração irregular e meu estomago revirando-se.

Sua boca se aproximou da minha. Puxei o ar com dificuldade, inalando seu cheiro maravilhoso.

- Bella, você... – Ele se afastou, olhando-me confuso. Agarrei sua camisa, sentindo tudo girar – Você está ficando branca.

E a última coisa que aconteceu não foi o tão esperado beijo, mas sim meu corpo amolecendo em seus braços e a escuridão me envolvendo.

[Continua...]


N/A: Comentem? (: Capitulo foi meio fraco, mas o próximo promete, sem dúvida Jacob vai  se arrepender por ter brigado com Ed no celular [spoiler] Bom para a Bella... né? 

11 comentários:

Mia S. disse...

Ai essa fic promete tanto, amo essa Bella doida. kk' Continua cah.

monique disse...

kkkkk eu gosto dessa Bella! kk
mas coitada a emoção foi forte!!
eles nem se beijaram imagina quando beijar kkkkkkkk

♥nanah♥ disse...

AAAAA muleque belinha safadeenhaa.
Eu pensei que ela dormia pelada mesmo (66'
Coitadinhoo do ed , haha.
Ameii ♥♥

Anônimo disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh
pq ela desmaiou ?r.r
cah amor não faz isso, eu tenho o s2 fraco é.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
bjs flor
By: Mikka

Anônimo disse...

Ai meu Deeus!!! Posta logo! Eu amo essa fic demais!

Beatriz Nathaly disse...

Caah minha lindonaaa s2
Nossa quase desmaiei com a Bella, só em pensar que beijar aquela boquinha sexy do Edward ! uii
Ele e o Jacó brigaram? Adorooooooo
rsrs'
posta o próximo logo, senão apanha hein! é mt boom !
Beijinhos da Biia - Corujinha pérola *pisca*

nica disse...

Nãoooooooooo acredito Cahhhhhhhh,vou ti matar,como assim na hora do beijo ela desmaia ,pqp

Zenilda disse...

Ai amiga, como assim...........
Você ate parece que não gosta da Bella nessa fic querida, pois se voce gostasse dela, voce não faria uma coisa dessa com ela....
Coitada dela esperou a vida inteira e vem uma Cah e estraga a festa da pobre...kkkkkkkkkkkkkrsrsrs
Beijusss linda


o capitulo estava fantastico e voce como sempre esteve MAGNIFICA

PARABÉNS

Daiane Farias disse...

AHHHH, A BELLA PERDEU A CHANCE DE BEIJAR O ED! AUHSUASHAH
Amei o capitulo!
POVO LOUCO!
Serio, eu não consigo ver o Ed Gay, tipo ECA... nada contra os Gay!
Aii, quero mais
Posta logo
CAHHH SUA DOIDA!
Beijos

Izah disse...

Meeeeeo quandotem mais ??
Nossa o Ed a dando mt bandeira
Que situação a da conversa do almoç heiin

Leila disse...

eu não acredito que ela desmaiou... o Bella burra

Postar um comentário